“Mas, então, eu conheci você” ~ Citação do dia !

Quem aí nesse sabadão não está com saudades de Shura e Tatia? Hum? Heim? ^-^

– Por favor, pare – sussurrou Alexander, sem olhar para ela.

– Bem, eu consigo sentir, Shura – disse Tatiana, enxugando o rosto e agarrando a mão dele. Ele a afastou. – Você veio aqui, zangado, sim, porque achava que tinha se despedido de mim para sempre em Lazarevo…

– Não é por isso que eu estava zangado e aborrecido.

– Pelo que estou vendo – prosseguiu Tatiana –, você vai ter que se despedir de mim em Leningrado. Mas vai ter que fazer isso olhando no meu rosto, certo?

Tatiana viu os olhos atormentados de Alexander.

(…)

– Alexander, eu sei… você acha que eu não sei? Não tenho nada com isso, mas pense nas coisas que você me conta. Você desejou fugir da União Soviética para a América sua vida toda. Era a única coisa que o manteve vivo, nesses anos do exército. A esperança de que, algum dia, você pudesse voltar para sua casa – disse ela, estendendo a mão em direção a ele. Ele a tomou entre as suas. – Eu tenho razão?

– Você tem razão – disse Alexander. – Mas, então, eu conheci você.  

 O Cavaleiro de Bronze – Livro II – O Portão Dourado

~ Fabi

 

Anúncios

Citação do Dia – “Eu venho toda noite ajoelhar-me ao seu altar…”

851KMJGE51HC0003

“Olhe para mim, sinta me corpo. Me toque, toque meu coração. Estou bem aqui. Sou eu!”, disse Alexander. “Fiquei longe de prostitutas mesmo quando pensei que você tinha se perdido da minha vida e eu estava na guerra. Eu não deveria ter ido ao Ho (bar), mas honestamente, o que eu poderia querer com qualquer pessoa quando tenho você? Com quem você está falando? Você está com raiva de quem?”

“Oh, Shura…”, ela sussurrou, agarrando-se a ele.

“Você sabe disso tanto quanto sabe meu nome,” disse Alexander. “Eu venho toda noite ajoelhar-me ao seu altar. Por que você se preocupa com esses disparates?” E a voz dele, e suas mãos, com seus lábios e olhos, seus beijos e carícias, e suas formas imortais de proporcioná-la e a si próprio divino êxtase, ele a acalmou e nela encontrou paz e felicidade, pois suas promessas eram intensas, mas seu amor era mais intenso ainda, e quando eles, envolvidos em torno um do outro finalmente adormeceram, fizeram as pazes, aliviados, amados…

– The Summer Garden

~ Alê

29 de Maio: *Feliz Aniversário Shura!!!*

Gente! Hoje é um dia muito especial para nós.

O dia em que nosso personagem favorito nasceu. Nosso herói de uniforme. Nosso cavaleiro de bronze. Nosso sonho russo. Nosso homem ideal! E como em nossas imaginações ele vive, respira, ama e é mandão como se existisse de verdade, vamos celebrar seu aniversário com muuuuitos beijos! 🙂

Feliz Aniversário Alexander Belov!

kiss

shy

“Tatiana tinha imaginado seu Alexander desde que era uma criança, antes que ela acreditasse que alguém como ele era mesmo possível. Quando ela era uma menina, sonhava com um mundo muito bom onde um bom homem caminhava por suas estradas sinuosas, talvez em algum lugar em sua alma errante procurando por ela”.

 

10940536_533486440127454_4660025786607440779_n

“Esse era o seu momento em Leningrado, em uma rua vazia, quando sua vida tornou-se possível, quando Alexander se tornou possível. Lá estava ele como ele era: um jovem oficial do Exército Vermelho na dissolução, todos os seus dias carimbado sem futuro e todos os seus apetites sem restrições, em patrulha no dia em que a guerra começou para a Rússia. Ele estava com o rifle pendurado no ombro e lançou os olhos devassos sobre ela, comendo seu sorvete toda ensolarada, cantando, loira, desabrochando, de tirar o fôlego. Ele olhou para ela com toda a sua vida desconhecida na frente dele, e isso é o que ele estava pensando …  ‘Atravessar a rua ou não?

Segui-la? Pegar o ônibus, atrás dela? Que loucura absoluta’ “.

– O Jardim de Verão

~ Alê

Citação do Dia – Não posso viver em um mundo sem Tatiana

tumblr_n8qddcYaTm1rei3gfo5_500

“A garota que beijou sua mão, que lhe serviu chá e que olhou para ele sem respirar enquanto ele falava, que olhou para ele com olhos que ele nunca havia visto antes – aquela garota desapareceu?

Seu coração desapareceu?

Por favor, Deus, Alexander pediu. Faça com que ela não me ame mais, mas permita que ela viva.

Era uma prece difícil para Alexander, mas ele não podia imaginar viver em um mundo sem Tatiana.”

– O Cavaleiro de Bronze

~ Alê

Significado dos nomes: Alexander (Александр)

shura

SIGNIFICADO E HISTÓRIA:

Forma latinizada do nome grego Αλεξανδρος (Alexandros), que significava “defensor dos homens” de αλεξω grego (alexo) “para defender, ajudar” e ανηρ (Aner) “homem” (ανδρος genitivo). Na mitologia grega este era um outro nome do herói Paris, e também pertence a várias personagens do Novo Testamento. No entanto, o mais famoso portador foi Alexandre, o Grande, rei da Macedônia. No século 4 aC, ele construiu um enorme império a partir da Grécia, Egito, Pérsia, e partes da Índia. Devido à sua fama, e contos medievais posteriores envolvendo ele, o uso de seu nome se espalhou por toda a Europa.
O nome foi usado por reis da Escócia, Polônia e Iugoslávia, imperadores da Rússia, e oito papas. Outros portadores notáveis incluem o poeta inglês Alexander Pope (1688-1744), estadista americano Alexander Hamilton (1755-1804), explorador escocês-canadense Sir Alexander Mackenzie (1764-1820), poeta russo Alexander Pushkin (1799-1837), e Alexander Graham Bell (1847-1922), o inventor escocês-canadense-americano do telefone.

Variações e diminutivos(russo): Александр  Aleksandr, Sasha,Shura ❤

Citação do Dia

article-2713700-202FF92700000578-780_634x502

“Tania, eu fui enfeitiçado por você desde o primeiro momento em que lhe vi. Lá estava eu, vivendo minha vida depravada, e a guerra tinha acabado de começar. Minha base estava uma completa desordem, pessoas correndo por aí, encerrando contas nos bancos, retirando dinheiro, pegando comida dos mercados, comprando a Gostiny Dvor inteira, se alistando no exército, enviando seus filhos para acampamentos -” Ele interrompeu, “E em meio a meu caos, lá estava você!” Alexander sussurrou apaixonadamente. “Você estava sentada sozinha nesse banco, impossivelmente jovem, uma loira de tirar o fôlego e adorável, e você estava tomando sorvete tão despreocupada, com tanto prazer, tamanha delícia mística que eu mal pude acreditar no que via. Como se não existisse nada no mundo naquele domingo de verão.”

– O Cavaleiro de Bronze

~ Alê