Trilha Sonora: Tremo e t’amo

Essa belíssima música – neste vídeo interpretada por Andrea Bocelli – é mencionada em algum ponto do livro The Summer Garden (O Jardim de Verão – tradução livre), o terceiro da série O Cavaleiro de Bronze.

O contexto em que a música é mencionado é muito “spoiler”, digamos assim, então vou explicá-lo depois do jump. Quem não quiser ter  GRANDES SPOILERS de The Summer Garden, melhor só ouvir e apreciar a música. E quando finalmente ler o último livro da série, vai lembrar das palavras e da beleza de sua melodia. 😉

Tremo e t’amo

T’amo e tremo
Disse la donna
Al suo soldato
Che non tornava
La sua voce
Nel vento correva
Sopra la neve
Dove lui combatteva

Tremo e t’amo
Disse e piangeva
Nel buio della sala
Qualcuno rideva
Per far torto alla paura
A questo amore che gia finiva

Il ricordo tradisce la mente
Il soldato non sente piu niente

D’improvviso
Fu preso alle spalle
Dal suo nemico
Che strano parlava
Delle rose, del vino e di cose
Che un’altra vita gli prometteva
Ma quante spose
La guerra toglieva
Dalle bracia della prima sera

Tremo e ho freddo
Disse il soldato
Al suo nemico che lo guardava
La sua voce nel vento restava
Sulla platea che muta ascoltava

*Lembrando mais uma vez, a continuação desse post tem SPOILERS. Último aviso! Continue lendo por sua conta e risco. 🙂 *

Continuar lendo

Anúncios

Receita: Crème Brûlée

Olá amigos!

Vocês devem ter estranhado o nome do post; como assim um post com receita de doces?

Quem já leu o livro O Cavaleiro de Bronze com certeza se recordará do momento épico em que Tatiana avista Alexander pela primeira, sentada na parada esperando seu ônibus e tomando sorvete. Bem, o sabor do sorvete favorito da Tatia é exatamente esse: crème brûlée. (Relembre a cena AQUI) O nome é esquisito, mas essa sobremesa é bem tradicional e simples de preparar, por isso decidi compartilhar com vocês, para sentirem um pouco o sabor do amor à primeira vista. 😉

Esta receita foi retirada do site Panelinha (que por sinal tem diversas outras receitas MARA, práticas, rápidas e deliciosas).  Testei pessoalmente a receita, o creme ficou muito saboroso, porém não consegui acertar o ponto da casquinha de açúcar caramelizado, pois ela deve ficar durinha e crocante. 😦 No meu caso, como não tenho maçarico, tive que improvisar com a colher quente. (Acho que minha falta de talento não ajudou muito hihihi).

Bem, aqui está a receita. Quem fizer, por favor compartilhe conosco seus resultados e suas  impressões!

CRÈME BRÛLÉE

m_IMG_1141

Ingredientes
 5 gemas

1/3 xícara (chá) de açúcar
350 ml de creme de leite fresco
100 ml de leite
1 1/2 colher (chá) de essência de baunilha
açúcar para caramelizar

Modo de Preparo

1. Preaqueça o forno a 160°C (temperatura média-baixa).

2. Separe as claras das gemas. (As claras não serão utilizadas nesta receita, mas você pode guardá-las para preparar um pudim de claras.)

3. Coloque as gemas na tigela pequena da batedeira. Junte o açúcar e bata em velocidade alta até obter um creme bem claro.

4. Pare de bater e adicione o creme de leite, o leite e a essência de baunilha. Misture bem com uma colher. Deixe a mistura descansar por 10 minutos. Enquanto isso, leve uma panela com água ao fogo alto. Ela será usada para o banho-maria.

5. Com uma colher, retire toda a espuma que se formou na superfície da mistura de gemas. Distribua o creme entre seis tigelinhas refratárias (que possam ir ao forno) – podem ser ramequins, aquelas forminhas de suflê.

6. Arrume as tigelinhas numa assadeira retangular. Leve a assadeira ao forno e, antes de fechar a porta, coloque água fervendo na assadeira, com cuidado, para assar em banho-maria. Deixe assar por 40 minutos.

7. Retire a assadeira do forno e as tigelinhas do banho-maria. Deixe esfriar e leve à geladeira por no mínimo 6 horas.

8. No momento de servir, polvilhe açúcar sobre toda a superfície do creme.

9. Coloque uma colher de sopa na chama do fogão para aquecer bem. Use uma luva, ou pano de prato dobrado, para não se queimar!

10. Encoste as costas da colher quente na superfície do creme, fazendo movimentos circulares, para caramelizar o açúcar. Caso precise, repita esta operação até caramelizar toda a superfície, mas não deixe queimar demais o açúcar.

Beijos,

~ Alê

Citação do Dia

Robert Pattinson vestido de oficial (obs: é uma montagem)

Robert Pattinson vestido de oficial (obs: essa imagem é uma montagem)

“Soldado! Deixe-me envolver sua cabeça e acariciar seu rosto, deixe-me beijar seus queridos doces lábios e chorar através dos mares e sussurrar pelos gramados gelados da Rússia como eu sinto por você. Alexander, você me carregou uma vez, agora eu lhe carrego. Por minha eternidade, agora eu lhe carrego.

Através da Finlândia, Suécia, até a América, de mão estendida eu permaneço de pé e sigo adiante fraquejando, o cavalo negro sem cavaleiro galopa em meu despertar. Seu coração, seu rifle, eles irão me confortar, eles serão meu berço e meu túmulo.

Lazarevo derrama-se em minha alma, gota a gota, do amanhecer ao luar do rio Kama. Quando procurar por mim, procure por mim lá, pois é lá que estarei todos os dias de minha vida.”

– O Cavaleiro de Bronze

~ Alê

Notas da Alê: 

1. Gente, nem sei como isso ainda me surpreende, mas não sei se algum dia serei capaz de ler uma citação desse livro sem sentir uma vontade incontrolável de chorar. (Detalhe: Já estou relendo os três livros pela terceira vez, sei algumas dessas citações de cor. Mesmo assim, me dá um nó na garganta, um frio na barriga, como se estivesse vivendo dentro da história. *Suspira*)

2. Vocês têm noção que caí na besteira de traduzir essa citação ouvindo a música “Tristesse” (interpretada pelo José Carreras)? (Cliquem no nome da música se quiserem conhecer – e entender meu drama). Isso é masoquismo!

Beijos ;*