Citação do Dia

Tatiana sussurrou, ‘Na minha família, eu era mais apegada a Pasha, não a minha mãe. E eu lhe digo – se Burck me dissesse que Pasha estava com os inimigos na floresta polaca, eu o entregaria a Deus. Eu não enviaria você para encontrá-lo.’ ‘É bom saber, pois como você sabe, eu estreguei tudo.’ ‘Não, você não estragou, querido.’ Tatiana sussurrou. ‘Você fez tudo o que pôde para lutar contra o destino. Como eu fiz tentando salvar Matthew Sayers. Mas infelizmente, de vez em quando,’ ela continuou, sua voz era quase um suspiro dolorido, ‘o que fazemos simplesmente não é o suficiente.’

The Summer Garden

(pag 263 – ebook)

~Alê

Anúncios

Citação do Dia

‘Shura, você terá que conseguir…’ Seus dedos presos nas cicatrizes dele. ‘Em você,’ disse Alexander, baixando os lábios até sua boca entreaberta e cortando sua carne, ‘estão as respostas para todas as coisas.’ Todos os rios corriam para o mar e ainda assim, o mar não estava cheio.

– The Summer Garden

(página 265 – ebook)

Citação do Dia

E sua cabeça com cabelos tão sedosos e seu coração tão leve e sua respiração como a de um bebê. E sua aura de ouro em torno de você enquanto você caminha e lê e fala. E nossos corações ficam mais leves quando ouvimos sua voz quando sabemos que você está por perto. Nos preocupamos menos conosco quando você está aqui, e seu espírito flui gota a gota e acalma nossos corações inquietos.

– Dasha Metanova (para a irmã Tatiana)

The Summer Garden

~Alê

Citação do Dia

Oh Alexander,” disse Tatiana balançando a cabeça, “Antes você enxergava além de tanta coisa. Desde quando você se tornou tão ingênuo?” “Não sou ingênuo! Eu sei o que está acontecendo, mas desde quando você se tornou tão cínica?

The Summer Garden (Pag 216 – ebook)

~ Alê

O que Paullina Simons ouvia enquanto escrevia ‘The Summer Garden’?

Gosto de ler minhas histórias favoritas com uma espécie de trilha sonora a qual, de acordo com minha idéia da história e dos personagens, combine com o enredo, ajudando a criar uma atmosfera adequada e despertar sentimentos que me façam sentir dentro da história. Que me ajudem a compreender melhor os heróis e heroínas e suas alegrias, tristezas, derrotas e triunfos. Uma trilha sonora adequada faz com que a história me pareça mais real.

Esse é um hábito pessoal meu, talvez alguns de vocês se identifiquem com isso. Talvez não.

O fato é que ao longo da leitura dos três livros da saga The Bronze Horseman, ouvi repetidas vezes algumas músicas que, de acordo com meu julgamento, exprimiam os sentimentos de Tatiana e Alexander. Essas músicas ficaram em mim de tal maneira que tenho certeza que durante muito tempo, sempre que eu as ouvir, inconscientemente lembrarei de Leningrado, Lazarevo, Luga, Nova Iorque, Phoenix, etc.

Para minha grande satisfação, nossa querida autora Paullina Simons publicou hoje em seu twitter um vídeo de uma ópera à qual ela costumava escutar enquanto escrevia The Summer Garden. Poder entrar um pouco na cabeça e no coração dos autores de nossas histórias favoritas é uma forma de compreendermos melhor as motivações e anseiros de cada personagem, percebermos melhor a importância de cada acontecimento  em si.

Ei aqui o vídeo postado por Paullina Simons. Espero que gostem!

~ Alê