Curiosidades sobre as edições

Você sabia que…

cover TBH

  • Quando Paullina terminou de escrever O Cavaleiro de Bronze, incluiu um epílogo onde contava que Tatiana regressava à Rússia em 1991 para encontrar Alexander, cinquenta anos após seu primeiro encontro. Na versão original, eles foram separados por meio século. Alexander estava na prisão no exílio e Tatiana estava no Arizona casada com Edward. (Essa versão nunca foi publicada);

 

  • tbthcNa primeira edição australiana de The Bridge to Holy Cross de 2003 (Tatiana & Alexander), foi incluído um epílogo que também foi incluso na edição espanhola e em todas as primeiras edições, porém depois esse epílogo foi descartado, para dar sequência ao lançamento de The Summer Garden. *Ainda não sabemos se na edição brasileira seremos presenteados com o tal epílogo ou não;

 

tatiana-alexander

  • Quando Paullina escreveu o segundo livro, inicialmente entitulado na edição australiana como The Bridge to Holy Cross (A ponte para a Santa Cruz), que passou a se chamar Tatiana & Alexander, este seria o último livro da história, por isso foi incluído um epílogo com um “final feliz”, que contém algumas cenas que posteriormente fizeram parte do terceiro livro The Summer Garden (O Jardim de Verão);

TSG

 

  • Isso se deve ao fato de que Paullina não sabia se seria capaz de publicar um terceiro livro. Além desse epílogo, também foram eliminadas algumas cenas e acrescentaram outras, já que no final das contas escreveria o terceiro e último livro onde contaria a vida de Tatiana e Alexander nos Estados Unidos (The Summer Garden – O Jardim de Verão);

 

  • Há uma reedição de Tatiana & Alexander (de bolso) de 2012 onde o epílogo foi incluído;
  • Na primeira edição australiana de The Bridge to Holy Cross de 2003 (Tatiana & Alexander), além de incluir o epílogo, que supostamente seria o final da história, também havia cinco capítulos adicionais, os quais também foram excluídos das edições posteriores juntamente com o epílogo, e foram adicionados outros novos capítulos, já que haveria um terceiro livro;
  • Esses cinco capítulos foram contados na perspectiva de Alexander, fazendo com que o livro contasse com 46 capítulos ao todo, no lugar dos 41 como nas versões posteriores de onde foram eliminados junto com o epílogo.

Fonte

Citação do Dia – Tatiana & Alexander

tumblr_m29kmhnSPx1roht0ro1_500_large1

“Vou deixar você louca,” sua memória gritava, próximo ao peitoril da janela enquanto Tatiana cheirava a salmoura da eternidade. “Por fora, você irá caminhar e sorrir como se você fosse de fato uma mulher normal, mas por dentro você irá se contorcer e queimar na fogueira, eu nunca lhe libertarei, você nunca será livre.”

Ordo Amoris

 

“Tivemos nossos anos felizes, eu e você, mas agora acabou, Baby Blue. Você era pura vida e eu era um tolo, tão jovem … bêbado em nossos passeios no Central Park sob a grande lua amarela e nossos vidros embaçados  do Biltmore. Você estava sempre dizendo que não tínhamos futuro … e você estava certa. Eu tinha sonhado com “non la luna che c’e . Você se lembra quando nós falamos sobre Santo Agostinho? Daquilo ele chamou Ordo amoris, a ordem no amor? Ele disse que a verdadeira virtude e amor verdadeiro para os seres humanos é definido pela atribuição a cada objeto o grau preciso de amor que ele era ele mesmo, que ele merecia. Sempre fomos descompensados nesse sentido. […] Houve um tempo em que eu pensei que o que eu sentia por você era real. Houve um tempo em que eu pensei que o que eu sentia por você era amor, em maiúsculas: Vy sgubili menya/ochi chernye ¹. Agora eu sou grato porque você sempre soube a diferença, sempre foi mais sensata. Obrigado por abrir meus olhos para o que nós não éramos, mas que tanto se assemelhava a verdade.
Ti amavo e tremo.”

¹”Você me arruinou olhos negros”

The summer garden

Explicação da Fabi ❤ : Pessoal, esse quote é um trecho de uma carta lindíssima demais da vida de The summer garden! Não posso falar detalhes pois seria um ultra spoiler… Mas me chamou atenção o Ordo Amoris. Pesquisei seu significado e gostaria de dividir com vocês! 😉

O que é Ordo Amoris? 

Em poucas palavras, Agostinho diferencia, na sua doutrina da ética, dois conceitos fundamentais que nortearão esse aspecto de sua filosofia, a saber, o conceito de uti e frui.

Na vida moral do sujeito, os atos individuais implicam uma tomada de posição frente as coisas. Para Agostinho, utilizamos as coisas ou fruímos as coisas. Fruir significa amar a coisa por ela mesma. Usar é se servir de algo como meio para atingir aquilo que se ama, apenas se o objeto for digno de ser amado, diz Agostinho. A fruição só pode ser de Deus, pois ele é o sumo bem e o único que pode ser amado em si mesmo, por ser Deus e nada estar acima dele.

Como apenas Deus merece a fruição, o amor ilimitado, os outros objetos terão um amor limitado, melhor dizendo, os outros objeto deverão ser limitados ao tipo de amor que eles merecem. “Nossa primeira tarefa moral é, pois, a de ajuizar todas as coisas segundo o seu verdadeiro valor, e de conformar o nosso amor a essa valoração. O resultado de tal procedimento será a instauração da ordem do amor pela prática da virtude, que outra coisa não é senão o amor bem ordenado: ‘Unde mihi videtur, quod definitio brevis et vera virtutis: ordo est amoris‘. O vício, por sua vez, é a inversão desta ordem do amor”.

Basicamente a ordem do amor é isso, e essa ordem será fundamental para Agostinho fundar sua ética e sua ordem social na Cidade de Deus.

Fonte

Trecho do livro "the summer garden" em espanhol.

Trecho do livro “The summer garden” em espanhol.

 

Músicas que são citadas no quote/carta!! 😀

Espero que curtam e se emocionem como eu ! *-*

~ Fabi

Citação do Dia

sachsenhausen

618_gayspy_henry_cavill_03

“Meu Deus, não pode ser,” ela sussurrou em russo. “Não pode ser você.”

Ela sentiu seu corpo estremecer. Tatiana inclinou-se sobre ele. Os olhos de Alexander estavam fechados. Eles permaneceram assim, sem mover-se e sem falar. Ela deixou escapar um gemido. Não conseguia encontrar uma palavra, uma palavra quando ela pensou em livros, quando ela gritou e chorou e protestou contra o destino injusto, quando ela estava triste e em sua dor ficou tão enfurecida, quando ela estava triste e em sua dor ficou tão perdida. Agora ela pressionava o rosto contra sua cabeça escura coberta de sangue e não conseguia encontrar uma única palavra. Gemer, sim. Não completo silêncio, mas nenhuma palavra de verdade.

[…]

“Como você tem estado, Tania?” Alexander perguntou,com a voz falhando.

“Bem, bem.” Ela segurou sua mão acorrentada.

“E o – ” Ele se interrompeu.” E o… bebê?”

“Sim. Nós temos um filho.”

“Um filho.” Alexander expirou. “E que nome você lhe deu?”

“Anthony Alexander. Anthony.”

Seus olhos encheram-se de lágrimas  ele virou o rosto. Tatiana o observava, sua boca abrindo e fechando. “É realmente você?” Ela suspirou. “Me diga, antes que eu desmorone, me diga que é você.”

“Antes?” Ele disse, e acenou. “Sou eu.”

– Tatiana & Alexander

~Alê

 

Citação do Dia

Henry Cavill

Henry Cavill

“Durante um instante, um instante somente, em seu aturdimento de final de sonho, a pequena imagem da enfermeira lhe pareceu a imagem…mas Alexander não via bem na penumbra, em outros momentos havia tido alucinações parecidas […] No entanto quando a pequena enfermeira soltou um gemido, Alexander se deu conta de que, apesar da  cor do cabelo, a voz que havia ouvido com toda clareza só podia ser a voz de Tatiana.”

– Tatiana & Alexander

~ Fabi