Citação do Dia – “Eu venho toda noite ajoelhar-me ao seu altar…”

851KMJGE51HC0003

“Olhe para mim, sinta me corpo. Me toque, toque meu coração. Estou bem aqui. Sou eu!”, disse Alexander. “Fiquei longe de prostitutas mesmo quando pensei que você tinha se perdido da minha vida e eu estava na guerra. Eu não deveria ter ido ao Ho (bar), mas honestamente, o que eu poderia querer com qualquer pessoa quando tenho você? Com quem você está falando? Você está com raiva de quem?”

“Oh, Shura…”, ela sussurrou, agarrando-se a ele.

“Você sabe disso tanto quanto sabe meu nome,” disse Alexander. “Eu venho toda noite ajoelhar-me ao seu altar. Por que você se preocupa com esses disparates?” E a voz dele, e suas mãos, com seus lábios e olhos, seus beijos e carícias, e suas formas imortais de proporcioná-la e a si próprio divino êxtase, ele a acalmou e nela encontrou paz e felicidade, pois suas promessas eram intensas, mas seu amor era mais intenso ainda, e quando eles, envolvidos em torno um do outro finalmente adormeceram, fizeram as pazes, aliviados, amados…

– The Summer Garden

~ Alê

Citação do Dia – The Summer Garden

4193450101_3d30610ff4_o

Na cama Alexander deixou que ela beijasse suas mãos. Ele estava deitado de costas, e Tatiana aproximou-se dele nua, ajoelhada ao seu lado. Segurando suas mãos, beijou-as lentamente, dígito por dígito, junta por junta, pressionando-as contra seus seios trêmulos, mas quando ela abriu a boca para falar, Alexander tirou as mãos.
“Eu sei o que você está prestes a fazer”, disse ele. “Eu estive aqui umas mil vezes. Vá em frente. Toque-me. Acaricie-me. Sussurre para mim. Diga-me primeiro que você não vê mais as minhas cicatrizes, em seguida, faça tudo ficar bem. Você sempre faz, você sempre consegue me convencer que todo plano maluco que você tem é realmente o melhor para você e para mim”, disse ele. “Voltar ao cerco a Leningrado, escapar para a Suécia, a Finlândia, fugir para Berlim, no turno da noite. Eu sei o que está por vir. Vá em frente, eu vou ser bom para você também. Você vai tentar me fazer ficar bem, ficando em Leningrado quando eu lhe digo que, para salvar seu crânio cabeça-dura que você deve retornar para Lazarevo? Você quer me convencer de que escapar através do território inimigo através do pântano coberto de gelo da Finlândia durante a gravidez é a única maneira para nós? Por favor. Você quer me dizer que trabalhar todos sexta à noite e não dormir na minha cama é a melhor coisa para a nossa família? Tente. Sei que, eventualmente, você vai ter sucesso.”

Ele estava olhando para sua cabeça loira e baixou. “Mesmo se você não fizer isso,” ele continuou, “Eu sei que, eventualmente, você vai fazer o que você quer de qualquer maneira. Eu não quero que você faça isso. Você sabe que você deve renunciar, não trabalhar no turno de cemitério que, a propósito, eu acho irônico por mais razões que eu me importo de mencionar. Eu estou dizendo a você, aqui e agora, o caminho que você está nos conduzindo vai levar ao caos e a discórdia, desordem e desentendimento. Embora a escolha seja sua. Isso define você, como uma enfermeira, como mulher, como uma esposa dedicada de faz de contas. Mas você não pode me enganar quando você e eu sabemos do que você é feita por baixo de suas luvas de veludo: … ferro fundido.”

Quando Tatiana disse nada, Alexander colocou-a sobre seu peito. “Você me deu muita liberdade com Balkman”, disse ele, beijando-a na testa. “Você manteve sua boca fechada por muito tempo, mas eu aprendi a partir do seu erro. Eu não vou ficar calado. Eu estou dizendo a você desde o início: Você está escolhendo imprudentemente. Você não está vendo o futuro. Mas você faz o que você quiser.”

Ajoelhado ao lado dele, ela segurou-o abaixo da virilha em uma mão, massageando-o suavemente, e acariciou-o para trás e para a frente com a outra.
“Sim”, ele disse, colocando os braços sob a cabeça e fechando os olhos. “Você sabe que eu amo isso, seu golpe de cura. Eu estou em suas mãos.”
Ela o beijou e sussurrou-lhe, e disse-lhe que ela não via mais suas cicatrizes, e fez, senão tudo ficar bem, pelo menos, esquecido durante as próximas horas de escuridão.

– The Summer Garden 

~ Alê

Ordo Amoris

 

“Tivemos nossos anos felizes, eu e você, mas agora acabou, Baby Blue. Você era pura vida e eu era um tolo, tão jovem … bêbado em nossos passeios no Central Park sob a grande lua amarela e nossos vidros embaçados  do Biltmore. Você estava sempre dizendo que não tínhamos futuro … e você estava certa. Eu tinha sonhado com “non la luna che c’e . Você se lembra quando nós falamos sobre Santo Agostinho? Daquilo ele chamou Ordo amoris, a ordem no amor? Ele disse que a verdadeira virtude e amor verdadeiro para os seres humanos é definido pela atribuição a cada objeto o grau preciso de amor que ele era ele mesmo, que ele merecia. Sempre fomos descompensados nesse sentido. […] Houve um tempo em que eu pensei que o que eu sentia por você era real. Houve um tempo em que eu pensei que o que eu sentia por você era amor, em maiúsculas: Vy sgubili menya/ochi chernye ¹. Agora eu sou grato porque você sempre soube a diferença, sempre foi mais sensata. Obrigado por abrir meus olhos para o que nós não éramos, mas que tanto se assemelhava a verdade.
Ti amavo e tremo.”

¹”Você me arruinou olhos negros”

The summer garden

Explicação da Fabi ❤ : Pessoal, esse quote é um trecho de uma carta lindíssima demais da vida de The summer garden! Não posso falar detalhes pois seria um ultra spoiler… Mas me chamou atenção o Ordo Amoris. Pesquisei seu significado e gostaria de dividir com vocês! 😉

O que é Ordo Amoris? 

Em poucas palavras, Agostinho diferencia, na sua doutrina da ética, dois conceitos fundamentais que nortearão esse aspecto de sua filosofia, a saber, o conceito de uti e frui.

Na vida moral do sujeito, os atos individuais implicam uma tomada de posição frente as coisas. Para Agostinho, utilizamos as coisas ou fruímos as coisas. Fruir significa amar a coisa por ela mesma. Usar é se servir de algo como meio para atingir aquilo que se ama, apenas se o objeto for digno de ser amado, diz Agostinho. A fruição só pode ser de Deus, pois ele é o sumo bem e o único que pode ser amado em si mesmo, por ser Deus e nada estar acima dele.

Como apenas Deus merece a fruição, o amor ilimitado, os outros objetos terão um amor limitado, melhor dizendo, os outros objeto deverão ser limitados ao tipo de amor que eles merecem. “Nossa primeira tarefa moral é, pois, a de ajuizar todas as coisas segundo o seu verdadeiro valor, e de conformar o nosso amor a essa valoração. O resultado de tal procedimento será a instauração da ordem do amor pela prática da virtude, que outra coisa não é senão o amor bem ordenado: ‘Unde mihi videtur, quod definitio brevis et vera virtutis: ordo est amoris‘. O vício, por sua vez, é a inversão desta ordem do amor”.

Basicamente a ordem do amor é isso, e essa ordem será fundamental para Agostinho fundar sua ética e sua ordem social na Cidade de Deus.

Fonte

Trecho do livro "the summer garden" em espanhol.

Trecho do livro “The summer garden” em espanhol.

 

Músicas que são citadas no quote/carta!! 😀

Espero que curtam e se emocionem como eu ! *-*

~ Fabi

Citação Do Dia

Jomax - Arizona

Jomax – Arizona

Leningrado, 1941

“[…] Se nós sobrevivermos a  isso, Alexander, eu juro que vou deixar Leningrado, e vamos para a Ucrânia, Mar Negro, em algum lugar onde não é frio, disse Dasha.

“Não há lugar assim na Rússia”, disse o oficial. Tinha um casaco cáqui acolchoado sobre o uniforme e sua cabeça coberta com shapka. Quando Dasha insistiu, ele disse: Não. Estamos muito longe ao norte. Os invernos são muito duros na Rússia.

– Existe algum lugar no mundo onde não se congela no inverno?

Arizona.

-Arizona. Na África?

Não. -Alexander exalou um suspiro suave. Tania, você sabe onde é o Arizona?

-Nos Estados Unidos. – O calor que ela recebia vinha através da grelha da salamandra e de Alexander. Apoiou a cabeça em seu braço. E -Sim. É um estado. Perto da Califórnia. É terra deserta. Quarenta graus no verão e vinte no inverno. Todos os anos. Nunca há neve.”

 The Bronze Horseman

Arizona, 1947

“[…] Tatiana deu de ombros.- O que posso dizer? Eu também estou confusa… mordiscou os lábios.Você imaginaria a possibilidade … de viver aqui? Perguntou cautelosamente.

– Nunca! Olhe para o ar. Queima o rosto. Mas por que você quer viver aqui …?

De repente, Alexander parou, abriu os olhos e lembrou…

‘Gostaria de viver no Arizona, Tatia, a terra de poucos mananciais?’

Ele havia lhe dito, em outro tempo, em outra vida.

– Vamos!!! Disse ele lentamente. Não me diga que … eu não acredito em você … você … não … não! – Alexander deixou escapar uma risada incrédula. Só agora me dei conta! Não tinha percebido! Uau, como sou inteligente, como sou esperto! Não sei como ganhamos a guerra! Tania, por favor … Lembra de quando te disse isso?

-‘Lembro-me como se estivesse dizendo agora ‘, disse ela, com os braços cruzados.”

The Summer Garden

Notinha da Fabi ❤ : Tradução do espanhol 🙂

Estou lendo The Summer Garden de novo…Não consigo superar esse livro gente!!

~ Fabi

Citação do Dia

tumblr_muu0aaGuD21qhdlm6o1_250

“Há um momento, um momento na eternidade. Antes de descobrirmos a verdade sobre o outro. É aquele simples momento que nos impulsiona ao longo da vida – como nos sentimos no limito de nosso futuro, de pé diante do abismo, antes de termos certeza de que amamos. Antes de termos certeza de que nosso amor é para sempre. Antes da Dasha morrer, de Mamãe morrer, de Leningrado morrer. Antes de Luga. Antes da divindade de Lazarevo, quando os milagres com os quais você me cobriu com seu amor e seu corpo ligou-se ao meu para sempre. Antes de tudo isso, eu e você caminhamos pelo Jardim de Verão, e de vez em quando meu braço despido tocava seu braço, e de vez em quando você falava e isso me dava uma desculpa para fitar seu rosto, seus olhos risonhos, para ter um vislumbre de sua boca e, eu, que nunca tinha sido tocada, tentava imaginar como seria ter sua boca me tocando. Me apaixonar por você no Jardim de Verão nas noites brancas de Leningrado foi o momento que me impulsinou por toda a vida.”

 

 

Trilha Sonora: Tremo e t’amo

Essa belíssima música – neste vídeo interpretada por Andrea Bocelli – é mencionada em algum ponto do livro The Summer Garden (O Jardim de Verão – tradução livre), o terceiro da série O Cavaleiro de Bronze.

O contexto em que a música é mencionado é muito “spoiler”, digamos assim, então vou explicá-lo depois do jump. Quem não quiser ter  GRANDES SPOILERS de The Summer Garden, melhor só ouvir e apreciar a música. E quando finalmente ler o último livro da série, vai lembrar das palavras e da beleza de sua melodia. 😉

Tremo e t’amo

T’amo e tremo
Disse la donna
Al suo soldato
Che non tornava
La sua voce
Nel vento correva
Sopra la neve
Dove lui combatteva

Tremo e t’amo
Disse e piangeva
Nel buio della sala
Qualcuno rideva
Per far torto alla paura
A questo amore che gia finiva

Il ricordo tradisce la mente
Il soldato non sente piu niente

D’improvviso
Fu preso alle spalle
Dal suo nemico
Che strano parlava
Delle rose, del vino e di cose
Che un’altra vita gli prometteva
Ma quante spose
La guerra toglieva
Dalle bracia della prima sera

Tremo e ho freddo
Disse il soldato
Al suo nemico che lo guardava
La sua voce nel vento restava
Sulla platea che muta ascoltava

*Lembrando mais uma vez, a continuação desse post tem SPOILERS. Último aviso! Continue lendo por sua conta e risco. 🙂 *

Continuar lendo

Citação do Dia

 

– Bom, e você por quem você trabalha? Não trabalha por ti?

– Não – contestou Alexander -. Eu trabalho por você.

Trabalho para construir uma casa que te agrade. Trabalho muito duro para que você não tenha que fazê-lo, porque sua vida já foi bastante dura. Trabalho para que você possa ter nossos filhos, pra cozinhar, passear com Anthony e levá-lo às aulas de xadrez, guitarra e basquete e assim permitir que ele tenha seu próprio grupo de rock na nossa garagem com seus amigos. Trabalho para que você cultive flores do deserto no nosso jardim, para que você possa comprar o que queira, todos os sapatos, vestidos e todas as batedeiras de cozinha que te dê vontade. […] Para que não tenha outra coisa a se preocupar do que cozinhar e fazer amor com seu marido  ‘essa parte Shura, chove voluntárias’ . Trabalho pra você ter uma vida cor de rosa. Desde de a minha primeira lagosta em Deer Isle, até o último azulejo de Scottsdale, passando por cada barco de Coconut Grove, isso é o que faço.

E você , Tatiana, o que faz?

Notinha histórica da Fabi: Se contextualizarmos, esse machismo do Shura é tão fofo <3!

– The Summer Garden

~ Fabi